Lichia Lighting | Sede Administrativa Vicenza
2478
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-2478,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,

Sede Administrativa Vicenza

Category
portfolio
About


Arquitetura: Andrea Macruz e Eduardo Altino
Fotografias: Gustavo Xavier
Texto: André Becker – Editora Lumière

Um projeto coorporativo tem alguns limitantes naturais quanto à linguagem e arrojos formais: a sequência de espaços com demanda de grande iluminância, forros padronizados e uma linguagem corporativa são, normalmente, tratados com uma busca por eficiência, prazo e limpeza, deixando a linguagem formal muitas vezes pasteurizada ou anódina. É interessante perceber no projeto da sede da Vicenza, empresa mineira que trabalha com prospecção e mineração, como uma diretriz sutil de projeto é suficiente para dar personalidade à iluminação, sem precisar de efeitos gratuitos.

O DNA da chamada Escola Paulista da arquitetura – com foco na estrutura dos espaços e concisão formal – pode ser visto aqui, no projeto de iluminação: a busca por uma solução original e sensível parte da estrutura do espaço. Uma linha de luz conduz a circulação, com aspecto gráfico, conformando os espaços arquitetônicos ao iluminar os planos verticais por meio de luminárias contínuas com refletores assimétricos, que proporcionam um efeito wallwasher.

A esta iluminação linear e direcional se contrapõe a iluminação mais convencional das áreas de trabalho, com uma distribuição mais tradicional de luminárias com aletas e de luz indireta. Mas mesmo nestes espaços, eventualmente as linhas se sobrepõem e auxiliam na leitura do espaço.
Um ponto que teve um cuidado especial foi o núcleo da entrada, recepção e sala de estar, onde uma iluminação e elementos mais cenográficos estão presentes: Rafaela adotou pontos com abertura de facho mais estreita para diminuir o nível de luminância e criar um destaque para as pedras naturais que aparecem abaixo de placas de piso de vidro, remetendo à função da empresa.